A importância do desenvolvimento social para as crianças

O Brasil é um país vasto, diverso e plural. Contudo, a desigualdade social também é uma das marcas mais evidentes de nossa nação. A disparidade entre pessoas de diferentes regiões, bem como de grupos que vivem nos mesmos municípios, pode ser gigantesca, e isso é a razão para muitos problemas. O desenvolvimento social desde a infância é uma das formas de se amenizar este problema.

Neste texto falaremos sobre desenvolvimento social para crianças e a importância destas ações para a sociedade, como um todo. Confira!

Mais do que apenas alimentação

Muita gente no Brasil vive completamente na miséria. Nesse contexto, em muitos casos, fazer três refeições diárias já é uma grande conquista. Entretanto, apenas alimento não é o suficiente para permitir a uma família sair da situação de vulnerabilidade e fragilidade social.

Várias ações assistencialistas oferecem alimentos a crianças e seus familiares, mas no momento fora das refeições, tanto adultos como crianças voltam para uma vida miserável, de subemprego, exploração, pobreza e falta de instrução.

O desenvolvimento social pode ser o passaporte que a criança ganha para mudar a sua realidade e a vida das pessoas com quem convive. Este desenvolvimento amplo, que contempla sua saúde, suas relações pessoais, sua educação, seu convívio e seu preparo para integrar a sociedade é simplesmente fundamental.

Cidadãos mais preparados para viver uma vida livre, autônoma e feliz

Dentro de um contexto de pobreza e desigualdade, é muito comum que a falta de emprego e renda leve pessoas para o crime, em alguns casos, desde a infância. Afinal, a falta de conhecimento, cultura e preparação para desempenhar atividades legais de trabalho torna a pessoa vulnerável a qualquer proposta de obtenção de renda a qual ela possa desempenhar, e o crime se aproveita disso.

O desenvolvimento social garante à criança educação, preparo social e comportamental, noções de ética e moral, instrução sobre uso de dinheiro, emprego e mercado, dicas sobre como e com quem se relacionar afetiva e profissionalmente, além de, é claro, ocupar o tempo das crianças e evitar que elas fiquem pelas ruas, em um ócio que é extremamente atraente ao crime organizado.

Crianças que recebem ações de desenvolvimento social são mais comportadas, conseguem tratar com dignidade a pais, amigos e professores, aprendem desde cedo o valor do dinheiro e como funciona a vida em sociedade, são bem alimentadas, tem instrução cultural sobre bens artísticos de nossa comunidade, como nossas músicas, livros, filmes, entre outras obras de arte, além de também aprender ocupações, hobbies e hábitos saudáveis.

Mais saúde no presente e no futuro

Uma criança que se desenvolve socialmente também passa a entender mais sobre o próprio corpo e a importância de cuidar muito bem dele. Assim, ela fica longe de álcool, drogas, cigarros e está mais bem preparada para reagir em caso de situações adversas como abusos sexuais, assédios, roubos, pressões internas e externas ao ambiente domiciliar.

No presente, é uma criança mais saudável e feliz. No futuro, torna-se um adulto mais produtivo, socialmente responsável e de agradável convívio.

Conheça melhor os nossos projetos e saiba mais sobre nossa filosofia. Acesse nosso site!

Se você gostou deste post:

– siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– Conheça o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– entre em contato com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!