Qual a diferença entre Patrimônio Cultural Material e Imaterial?

Todo país possui seu patrimônio cultural, independentemente de qual natureza ele seja. Esse patrimônio se trata das criações artísticas, históricas, científicas e tecnológicas que nortearam a história de uma nação, podendo ser expressas através de documentos, objetos, imagens, espaços físicos, conhecimentos populares, entre outras formas. Dentro desse macrouniverso cultural, temos dois tipos de patrimônio: material e imaterial.

Patrimônio imaterial

Ambos se referem às heranças de conhecimento deixadas por nossa população, porém, são diferentes quanto ao seu formato. O patrimônio imaterial está ligado aos conhecimentos, crenças, costumes, métodos, habilidades, músicas, cenas lúdicas, festividades culturais, religiões, entre outros saberes relacionados à cultura popular de uma nação. Nesse caso, não é possível tocar essas heranças, porém, elas influenciam e norteiam muito o comportamento e a vida dos cidadãos.

Nos livros de história temos provas bastante concretas desse patrimônio imaterial, ou quando visitamos cidades muito antigas, que carregam consigo ensinamentos, crenças, costumes e hábitos muito presentes. Em nosso país temos um berço rico em cultural imaterial, como as nossas famosas lendas do Saci, da mula sem cabeça, do boto cor-de-rosa; as nossas festividades como o carnaval e a festa do Círio de Nossa Senhora de Nazaré; danças como o frevo, o xaxado e o samba, entre muitas outras referências importantes em nosso imaginário popular.

A importância do investimento em cultura

Vale ressaltar que o patrimônio imaterial está em constante atualização, uma vez que novas crenças, novos entendimentos sobre a cultura e sobre a sociedade, novas tecnologias e novos hábitos são implementados a cada ano, o que altera o futuro cultural da nação. Com isso, podemos notar que esse patrimônio é um tanto vulnerável e esquecível, o que reforça a necessidade de ações de cultura para relembrar e fortalecer a importância desses patrimônios para a cultura de um país.

Por conta disso, muitos projetos são desenvolvidos pelo Governo e pela iniciativa privada em nosso país e no mundo. No Brasil, essa valorização ainda precisa ser aperfeiçoada com mais educação e investimento em cultura.

Patrimônio material

Essa vertente, como o próprio nome já sugere, está ligada diretamente aos bens palpáveis, materiais e concretos, diferentemente dos abstratos do imaterial. A “Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural”, ocorrida em Paris em 1972, foi a responsável por definir o conceito de patrimônio cultural material, deixando claro todas as peças consideradas materiais.

Geralmente são compostos por esculturas, pinturas, documentos, bibliografias, sítios arqueológicos, filmes produzidos, fotografias, igrejas, monumentos antigos, museus, praças, universidades, bustos, teatros, vestimentas etc.

Estes são divididos em bens imóveis e móveis. Os imóveis se tratam dos núcleos urbanos, os sítios arqueológicos, bens individuais, entre outros, que não podem ser transportados ou retirados do local.

Já os móveis são aquelas bibliografias históricas, pinturas, peças de decoração, peças do cotidiano antigo, documentos importantes, arquivos, videografias, fotografias, coleções arqueológicas, entre outras amostras que podem ser transportadas para outros locais.

Na maioria dos casos, essas peças estão alocadas em museus importantes do país, estando acessível para o conhecimento e visualização do público, tomando toda precaução necessária para que não haja danos ao patrimônio.

Se você gostou deste post:

– siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– Conheça o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– entre em contato com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!