Benefícios que as doações para projetos sociais trazem para as empresas

Você sabia que um levantamento realizado em 2017 na Universidade de Southampton mostrou que empresas que fazem doações para ações sociais têm uma produtividade maior? E o melhor de tudo é que essa não é a única vantagem garantida aos empreendedores que apoiam essas causas. Veja a seguir quais são os principais benefícios!

Dedução do Imposto de Renda

Esse é um dos principais e mais populares benefícios. Empresas que doam recursos para projetos sociais, ONGs ou fundos como o FIA (Fundo para Infância e Adolescência) podem deduzir esse valor do Imposto de Renda. Assim, em vez de destinar a verba para o governo, para que depois ela seja revertida em alguma ação, o empresário “investe” diretamente em uma causa social.

Para que a dedução seja possível, é necessário utilizar o modelo de declaração completa e respeitar o limite de doação, uma porcentagem que pode variar de um ano para o outro.

Acompanhamento dos projetos

Quando todo o seu imposto é destinado ao governo acaba sendo difícil saber que tipo de medida foi financiada com aquele valor. Por outro lado, ao doar diretamente para um fundo ou uma entidade a empresa consegue monitorar mais de perto como seus recursos estão sendo administrados e quem está sendo beneficiado de fato. A partir disso, pode continuar doando para o mesmo local nos próximos anos ou não.

É uma forma de ter certeza que o seu imposto está transformando a vida de alguém, viabilizando educação musical para crianças, mantendo uma orquestra sinfônica de jovens e outras atividades que resgatem pessoas marginalizadas.

Incentivos fiscais

O próprio governo oferece incentivos fiscais para empresas que contribuem com causas sociais, especialmente se for em benefício de crianças, adolescentes, idosos ou pessoas com deficiência. Para saber mais, consulte o órgão responsável na sua cidade ou estado, já que esses incentivos podem variar conforme cada região.

Valor agregado à marca

Normalmente entidades e fundos que recebem recursos de uma empresa a divulgam como apoiadora de suas atividades. A doação acaba se tornando pública, mesmo que essa não seja a intenção do empreendedor.

É inegável que isso agrega valor à marca. As discussões sobre as desigualdades sociais e a importância de cada cidadão fazer a sua parte estão cada vez mais em alta. E os consumidores também têm se tornado mais conscientes nesse sentido. Do mesmo modo que tendem a dar preferência para empresas ecologicamente corretas, também valorizam as que demonstram consciência social.

Essa é uma forma de consolidar a sua imagem como uma empresa que não está preocupada apenas em lucrar a qualquer custo, mas que reverte parte desses lucros para os grupos menos favorecidos da população. Além de consolidar o seu negócio como responsável socialmente, é até uma forma de influenciar parceiros e clientes a fazerem o mesmo, criando uma grande rede de solidariedade!

Se você chegou onde se encontra hoje, tem a sua própria empresa e lucra com ela, que tal dar a oportunidade para outras pessoas, sem privilégio algum, sonharem com um futuro tão brilhante quanto o seu?

Se você gostou deste post:

– siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– Conheça o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– entre em contato com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!