Projetos sociais: Entenda porque o incentivo é importante

Projetos sociais são a base de uma boa construção da nação, formando pessoas melhores e dando algumas oportunidades, e acabam se responsabilizando por pessoas constantemente esquecidas pelo estado. Essas pessoas que são a base do nosso país e a estrutura pela qual ele se mantém. Atuando principalmente em periferias e em situações sociais de vulnerabilidade, os projetos são uma opção diferente da qual um jovem periférico muitas vezes se vê fadado a seguir.

Cumprindo esse papel de reinserir o jovem, criança ou adulto dentro do contexto social no qual ele é constantemente excluído, resgatando sua autoestima junto com uma esperança de um futuro diferente. Assumir esse papel de protagonista da sua própria história, dando voz a quem é silenciado, tendo a chance de ser seu próprio provedor e virar exemplo para vários jovens que também estejam procurando uma alternativa a realidade em que vivem. Dando oportunidade para quem está na margem do país ocupar diferentes espaços, ter sua presença requisitada e reconhecida, se tornando uma grande representatividade para outros.

Tipos de projetos sociais

Os projetos sociais abrangem uma categoria muito grande de suporte a comunidade, oferecendo diferentes tipos de atividades, os projetos estão presentes em todas as áreas de esporte, música, lazer, educação, etc. O ideal é ter uma grande oferta de opções mesmo para que o jovem possa ter algumas experiências até descobrir e escolher aquilo que se identifica mais.

Entretanto, qualquer atividade ofertada em periferia já é de grande importância e reconhecimento para comunidade que costuma abraçar as causas se fazendo presente dentro das ocupações oferecidas pelos projetos.
Desde artesanato, dança, orquestra sinfônica, coral até futebol, basquete, desenho, pintura, luta, rap, enfim a variedade é grande, resta a comunidade escolher aquilo que mais chama sua atenção. A educação musical costuma ter um papel importante na formação de crianças e adolescentes. Exigindo responsabilidade, dedicação e proporcionando o resgate de seus valores, identidade e autoestima.

O contato com a arte e a cultura permite uma maior integração social desses jovens, desviando eles de um caminho de drogas e violência, garantindo que sua formação esteja mais próxima de construir um futuro em cima da arte e cultura.

Por que é importante incentivar e apoiar projetos sociais?

Os projetos sociais representam uma resistência a ideia de que só certas pessoas podem participar e entender o que é cultura ou não. A presença de jovens vindos de periferia em orquestras sinfônicas, por exemplo, demonstra que o lugar deles é onde eles quiserem e que a cultura é para todos. Investir na arte vinda de pessoas socialmente excluídas é importante para que exista um protagonismo social, que dê voz e espaço a quem vem sendo historicamente negado.

A educação musical inserida em projetos sociais garante ao jovem uma maior autonomia e controle sobre sua vida. Os comprometimentos e responsabilidades envolvidas nesse tipo de estudo também garantem uma distração, um lazer no seu dia a dia ou quem sabe até a construção de uma carreira profissional. Fazendo com que esse jovem seja retirado de um quadro de vulnerabilidade e risco social, entrando no mercado de trabalho com uma maior confiança e um bom processo de ensino e aprendizagem como bagagem.

Se você gostou deste post:

– siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– Conheça o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– entre em contato com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!