Boas vindas à Sabra   Click to listen highlighted text! Boas vindas à Sabra
Menu fechado

Concerto Noturno com a Orquestra Sinfônica de Betim – 18/08

orquestra-sinfonica-betim-meio-musica

Obras de Haydn, Mozart e Sibelius no próximo concerto da Orquestra Sinfônica de Betim, dia 18/08 às 19:30 horas, no Teatro Municipal de Betim.

Mestres do classicismo, Haydn e Mozart eram amigos. O relacionamento deles não está muito bem documentado, mas há evidências de que gostavam da companhia e se respeitavam muito, e sugere que o velho Haydn tenha atuado como mentor do jovem Mozart. Seis quartetos de cordas de Mozart são dedicados a Haydn. Sibelius é um dos mais populares compositores do fim do século XIX e início do XX. Sua música também teve importante papel na formação da identidade nacional finlandesa. Eles terão suas obras lembradas no próximo dia18 de agosto pela Orquestra Sinfônica de Betim, sob a regência do maestro Márcio Miranda Pontes.
O concerto acontece no Teatro Municipal de Betim, às 19h30. A entrada é gratuita, sujeita à lotação do espaço.

O repertório

O programa começa com o “Concerto para violoncelo nº 2”, do compositor Haydn. A obra permaneceu envolta em mistério até 1951, quando a partitura autografada de Haydn foi descoberta. Escrito entre 1781 e 1783, este concerto é um dos trabalhos mais extrovertidos e ensolarados do compositor austríaco.
Na sequência, será apresentado o “Concerto para Clarinete” de Mozart, composto em Viena em 1791. É uma das últimas obras completas de Mozart, e seu último trabalho puramente instrumental. A interação delicada entre solista e orquestra é notável.
A seguir, o poema sinfônico “Finlândia” do compositor finlandês Jean Sibelius. Escrita em 1899 a obra foi composta para as celebrações da imprensa, em Helsinque, como um protesto contra a crescente censura do Império Russo. Seu tema principal tornou-se o Hino Nacional da Finlândia.
Finalizando a noite, teremos a participação da Orquestra de Flautas Doce da Escola de Música SABRA junto com a Orquestra Sinfônica de Betim. No repertório canções do folclore alemão.

Os solistas

Violoncelo

O violoncelista André Castillo Dourado Freire será o solista da vez. O jovem instrumentista, nascido em uma família de músicos, iniciou seus estudos muito cedo na musicalização e aos 6 anos começou a tocar violoncelo. Desde 2010 tocava na orquestra juvenil da UnB e entre 2013 e 2015 também integrou as orquestras sinfônicas e de cordas da mesma instituição. Entre 2015 e 2017 morou em Gotemburgo, na Suécia. Lá tocou em diversas orquestras jovens e fez masterclasses com importantes professores. Em 2018 ingressou na UFMG, onde atuou como chefe de naipe da orquestra de cordas e na orquestra sinfônica da universidade. Foi bolsista em festivais como Campos do Jordão e Gramado, e em 2021 passou em 1º lugar na prova da Academia da Orquestra Filarmônica de MG. Em fevereiro de 2022 formou-se na UFMG. Atualmente é chefe do naipe de violoncelos da Orquestra Sinfônica de Betim.

Clarinete

Emília Pinheiro Carneiro Barros iniciou seus estudos na área musical em 1997, no CMI (Centro de Musicalização Infantil da UFMG). Aos sete anos começou a aprender clarineta e teve aulas na instituição até os dez, quando se formou. Em 2010 ingressou na Escola de Música da Fundação Clóvis Salgado (Cefar), no Palácio das Artes, tendo aulas de clarineta com o professor Ney Franco, onde se formou no final de 2013. É bacharel em clarineta pela UFMG e seu professor foi Maurício Loureiro. Participou de alguns trabalhos de peso, como tocar junto ao renomado grupo de teatro de bonecos, Giramundo, além de já ter integrado duas bandas internas de óperas ocorridas no Palácio das Artes. Foi também uma das fundadoras do Ensemble Libertas, grupo mineiro de música contemporânea. Em abril de 2018 realizou um intercâmbio em Saarbrücken, Alemanha, através do programa Minas Mundi, oferecido pela UFMG, onde teve aulas de musicologia e clarineta, não só no país como também na Inglaterra e França. Em 2019 foi uma das vencedoras de um concurso realizado pelo Festival Internacional da UFSM, o qual a contemplou com uma bolsa de intercâmbio para estudar na universidade da Georgia por dois meses, e em 2020 ganhou o terceiro prêmio do concurso Internacional Orchestra Audition Awards, realizado pela Samnium University. Atualmente é a primeira clarinetista na Orquestra Sinfônica de Betim.

Sobre a SABRA

Fundada em 2013, a Sociedade Artística Brasileira (SABRA) é uma associação civil, sem fins lucrativos, com sede em Betim, Minas Gerais. A organização promove o ensino gratuito de música, com cursos de Musicalização Infantil, Música, Orquestra Sinfônica, Grupos Instrumentais de Câmara, Coral Adulto e Coral Infanto-juvenil. A SABRA também atua por meio de concertos didáticos e apresentações públicas gratuitas com os grupos musicais formados por seus alunos e professores; além de desenvolver intenso trabalho de pesquisa e restauração da música de compositores brasileiros dos séculos XVIII e XIX e documentos históricos, além de bens móveis e imóveis. Em 2021, devido à pandemia, os cursos foram realizados de modo remoto e atenderam a mais de 1.200 alunos nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Nova Lima e Raposos. As atividades são financiadas por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Contam com patrocínio da Vallourec e do Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores da Unimed-BH. Além do apoio da Prefeitura de Betim, por meio da Secretaria Municipal de Educação e de Cultura e da Prefeitura de Nova Lima, por meio das Secretarias de Cultura e de Educação. Saiba mais em www.sabra.org.br.

Sobre a Vallourec Soluções Tubulares do Brasil

Líder mundial em soluções tubulares premium, fornecendo principalmente para os mercados de petróleo e gás, geração de energia e indústria, a Vallourec possui oito unidades em todo o Brasil. Em Minas Gerais, as unidades Barreiro e Jeceaba são focadas na produção de tubos de aço sem costura; a unidade Florestal é responsável pela produção do carvão vegetal que abastece o Alto-Forno das usinas produtoras de tubos; e a unidade Mineração supre as necessidades de abastecimento internas de minério de ferro. A Empresa conta, ainda, com uma unidade de Negócios no estado, provedora de serviços administrativos.
Com linhas de produção em Minas Gerais e em São Paulo, a Vallourec Tubos para Indústria (VTI) fornece tubos de aço com e sem costura e soluções tubulares para a indústria em geral, especialmente para os mercados automotivo, de energia, máquinas e equipamentos industriais. No Rio de Janeiro, a Vallourec Tubular Solutions Ltda. (VTS) presta serviços especializados para o setor de óleo e gás. E no Espírito Santo fornece serviços de revestimento anticorrosivos.
A Vallourec conta, ainda, com a Fundação Sidertube, uma empresa que promove iniciativas socioculturais em diversas modalidades e administra o Cine Theatro Brasil Vallourec, um importante ativo cultural da cidade de Belo Horizonte.
Saiba mais em www.vallourec.com

Sobre o Instituto Unimed-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais e ambientais visando à formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, fomentar a economia criativa, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$155 milhões por meio das Leis municipal e federal de Incentivo à Cultura, fundos do Idoso e da Infância e Adolescência, com o apoio de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores da Unimed-BH. No último ano, mais de 6,5 mil postos de trabalho foram gerados e 4,8 milhões de pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Acesse www.institutounimedbh.com.br e saiba mais.

Serviço: Série de Concertos Noturnos

Orquestra Sinfônica de Betim
Dia: 18 de agosto de 2022
Horário: 19h30
Local: Teatro Municipal Newton Franco Amaral – Betim – MG
Entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço
Lotação máxima: 490 lugares

Violão, violino e violoncelo

As características do clarinete


Se você gostou deste post:

– SIGA as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– CONHEÇA o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– ENTRE EM CONTATO com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– COMPARTILHE este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!

– Os projetos da @sabrabrasil são realizados com o patrocínio máster: @vallourec e @institutounimedbh, viabilizado pelo incentivo de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores via Lei de Incentivo à Cultura – @mturismo, @culturagovbr. Apoio: @prefeiturabetim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Click to listen highlighted text!