Menu fechado

Curiosidades sobre o patrimônio cultural de Minas Gerais

minas-patrimonio-cultural-culturais-bens

O estado de Minas Gerais é um dos mais ricos do Brasil em diversos aspectos, o que não seria diferente quanto às questões culturais e turísticas. Sendo um dos maiores estados do Brasil, Minas é o berço de muitas manifestações culturais de grande importância, que estão espalhadas pelo território do estado.

Patrimônio Cultural

Para falar um pouco mais a respeito dessas questões, primeiro é preciso entender ao que se refere o termo Patrimônio Cultural. Esse é o título concedido a alguns bens que mostram um valor excepcional à sociedade por importância história, etnográfica, arqueológica, artística ou bibliográfica.

Esses bens podem ser descritos tanto como materiais quanto como imateriais. O termo também pode ser empregado a municípios, estados, países ou à humanidade, por exemplo. Isso é avaliado levando em consideração o nível de importância e de conservação perante a sociedade.

Para que esses patrimônios sejam preservados, eles são tombados por órgão responsáveis e isso pode abranger paisagens, acervos, jardins, edificações, sítios arqueológicos, ruínas, entre vários outros.

Assim, serão destacados ao longo do artigo alguns dos bens considerados Patrimônio Cultural do estado de Minas Gerais.

É válido ressaltar que Minas Gerais conta atualmente com cerca de 6 mil bens culturais. Entretanto, destes apenas 149 foram de fato tombados pelo IEPHA MG. Além disso, esse é o estado brasileiro que conta com o maior número de bens tombados pela Unesco, somando 4.

Vale pontuar também que Minas é considerado o segundo estado com o maior número de bens culturais tombados como Patrimônio Cultural Material pelo Iphan. Nessa conta são mais de 200 tombamentos feitos até o presente momento.

Artesanato e Sítios Históricos

O modo artesanal de produzir queijos em Minas, na região do Serro e da Serra da Canastra, e o ofício os sineiros foi considerado um Patrimônio Cultural Imaterial do estado. Assim, ambos se tornaram dois saberes registrados enquanto tal.

Entre os maiores sítios do patrimônio cultural da humanidade presentes em Minas Gerais é possível uma das cidades mais conhecidas do estado: Ouro Preto.

A cidade histórica, considerada como acervo arquitetônico e artístico, destaca-se como uma das mais relevantes nesse setor porque foi a primeira do estado a receber o título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, ainda em 1980.

Além de Ouro Preto, outra cidade que recebeu esse título foi Diamantina. Isso aconteceu em razão da importância das suas belezas, traçados urbanos e pelo padrão arquitetônico presente nas suas construções.

Patrimônio da Modernidade

Conhecido como um dos cartões postais mais populares da capital mineira, Belo Horizonte, o Conjunto Moderno da Pampulha é um complexo arquitetônico de grande valor cultural para a cidade. Idealizado por Juscelino Kubitscheck, prefeito da cidade na ocasião, ele contou ainda com a genialidade de Oscar Niemeyer e Burle Marx na sua execução.

Nesse caso, o tombamento feito pela Unesco foi no tocante à conhecida Igreja de São Francisco, localizada na Pampulha, que foi considerada como patrimônio cultural da capital mineira.

Patrimônio do Barroco Mineiro

Uma das maiores obras primas do barroco mundial também se encontra no estado de Minas Gerais. O Santuário do Senhor do Bom Jesus do Matosinhos foi construído em várias etapas entre 1757 e 1875, contando com 12 esculturas de profetas, feitas todas em pedra sabão, 6 capelas que mostram todos passos da Paixão de Cristo, 66 esculturas de madeira e a Igreja do Bom Jesus.

Todo o projeto criado do santuário foi assinado pelos artistas Aleijadinho e Manoel da Costa Athaíde.

Dessa forma, o estado de Minas Gerais reúne incríveis curiosidades a respeito de patrimônios culturais, visto que pode ser considerado como um local que possui uma vasta diversidade de bens.

Desafios para preservação do patrimônio material


Se você gostou deste post:

– SIGA as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– CONHEÇA o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– ENTRE EM CONTATO com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– COMPARTILHE este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!

– Os projetos da @sabrabrasil são realizados com o patrocínio máster: @institutounimedbh, viabilizado pelo incentivo de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores via Lei de Incentivo à Cultura – @mturismo, @culturagovbr. Patrocínio prata: @vallourec e apoio: @prefeiturabetim