Formação e mercado de trabalho para o canto

Cantar é uma das mais belas atividades humanas, ao lado da literatura, da poesia, do cinema e de outras formas de realização artística. O canto é uma linguagem que expressa a humanidade com a qual cada um foi dotado. O gesto de cantar nos reconecta com a natureza. Os pássaros cantam por motivos biológicos e nós os imitamos, mas cantamos porque gostamos de enfeitar a vida. Cantar promove a alegria, o contentamento e, também, cura as tristezas e ajuda a superar as dificuldades de estar num mundo caótico. O canto organiza os sons, alinhando-os em melodias, e, portanto, dá sentido para a vida.

Todos conhecem aquela frase que, apesar de um pouco batida, ainda é verdadeira e muito bonita: “Quem canta, seus males espanta”. Isso pode ser verdade, caso a pessoa em questão saiba o que está fazendo, ou seja, saiba cantar. Do contrário, em vez de espantar os males, nosso desafinado pode, muito bem, acabar espantando todo mundo ao redor. Se você pretende ser mais do que um cantor de chuveiro, é importante entender o canto como uma atividade profissional. Dessa forma, saber onde encontrar formação e qual o mercado de trabalho pode ser um diferencial para uma carreira bem-sucedida.

Formação

Existe uma infinidade de cursos voltados para ensinar a dominar a arte do canto. Inclusive, alguns deles estão disponíveis online, gratuitamente. Necessariamente, esse tipo de curso irá ensinar apenas o básico como aquecimento de voz, as propriedades físicas da voz e classificação vocal (soprano, mezzo-soprano, contralto, tenor, barítono e baixo).

Para uma abordagem mais profissional e presencial, existem duas opções disponíveis para quem quer ser cantor: as universidades de música e os conservatórios musicais. Quem opta pela primeira opção, sairá da faculdade com o título de bacharel em música e terá aprendido uma série de disciplinas relacionadas à história da música, história da arte e percepção musical. Além disso, o aluno poderá ser habilitado em canto, regência, composição, ou ainda, algum instrumento musical. Como se pode notar é um curso bem amplo, com múltiplas possibilidades, que desenvolve habilidades artísticas e oferece um treinamento bem completo para o profissional.

Bastante tradicionais também são os conservatórios de música. Com uma abordagem mais prática do ensino musical, eles oferecem, ao cantor iniciante, desde cursos como o de canto popular até o canto lírico, passando por aulas de musicalização. Assim, o aluno pode optar por desenvolver sua técnica vocal de acordo com área que mais lhe agrada.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o profissional da área é vasto e oferece algumas possibilidades interessantes. Por exemplo, se você se formou numa faculdade de música e, além do bacharelado, conseguiu também uma licenciatura, é possível dar aulas de música. Desde 2008, o ensino de música é obrigatório, tanto nas escolas públicas, quanto privadas. Ainda que esse não seja seu objetivo principal na carreira, ser professor sempre garantirá a possibilidade de emprego.

Para quem fez apenas o bacharelado, as oportunidades também são vastas. O cantor profissional pode trabalhar para estúdios de gravação, produtoras musicais e em campanhas de marketing produzindo singles, ou até mesmo com musicoterapia.

Como se pode notar, o canto está na vida e no mercado de trabalho também.

Se você gostou deste post:

– siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– Conheça o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– entre em contato com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!