Projeto Social de Música: Quais são os seus objetivos?

Os projetos sociais de música são alicerçados em três pilares: inclusão, transformação e inserção no mercado. Um age em complementação às ideias do outro, garantindo à criança, ao jovem, ao adulto ou ao idoso a oportunidade de romper barreiras sociais e da própria vida através de melodias e acordes.

Inclusão

Um dos resultados mais relevantes dos projetos sociais é a oportunidade de propiciar igualdade a todos. “A música é libertadora”, conforme dizem diversos compositores, músicos, profissionais e pensadores. Ela é uma ferramenta de inclusão daqueles que estão à margem da sociedade por diversos fatores. Ela resgata a alegria aos idosos, projeta o futuro para as crianças, integra o adolescente, diz à pessoa com deficiência que ela é importante e faz de qualquer pessoa um ser social.

Os projetos sociais de música fazem de seus instrumentos um instrumento único na luta contra a desigualdade. Em diversas situações, é a música que estabelece as pontes para o envolvimento de crianças e jovens nas pautas sociais e do desenvolvimento humano. Os projetos sociais promovem reconhecimento, seja da sua identidade ou da sua importância como engrenagem do mundo.

Grandes músicos surgiram e surgem dentro destes projetos sociais. Eles acabam se tornando, não só aqui no Brasil, mas também no mundo, um verdadeiro berço. Crianças, jovens, adultos e idosos mudam de vida a partir do contato com a música. A inclusão leva a transformação.

Transformação

Uma vez conscientes de que estão incluídos em uma sociedade e que dela emanam direitos e deveres, a música ganha um papel revolucionário de transformação. Isso porque acontece um desenvolvimento físico e intelectual da pessoa, que sai do estado de vulnerabilidade para ser protagonista de sua história. Este poder de atuar abre portas para caminhos antes inimagináveis.

A música para os jovens é um tema recorrente nas pautas sociais, fazendo com que a maioria dos projetos musicais seja voltada para eles. Para muitos, o contato com instrumentos clássicos de orquestras, partituras e palcos eram personagens de histórias. Não haveria situações naturais em seu dia a dia que o levariam a esta aproximação. Então estes projetos inserem as peculiaridades do violoncelo, do oboé, do clarinete e de muitos outros importantes instrumentos mais incomuns.

A oportunidade destas experiências traz a revolução da transformação particularmente para cada um deles. O despertar do desafio e o desejo de aperfeiçoamento naquilo que é inusitado movem a sempre querer mais. Nisto, os ganhos são dois: a criação de um senso crítico que vai pautar muito mais além da música; e a formação de novos músicos para o cenário artístico brasileiro.

Inserção no cenário musical

Música também é renovação, por isso, se incentiva tanto o surgimento de novos músicos capazes de acrescentar a esta linda história que vem sendo construída. Tem-se um movimento artístico revigorado de novas ideias, novas técnicas e novas composições. A música é viva e, por isso, ela se atualiza a cada momento sob a ótica e as mãos dos talentos que surgem.

Não se pode encerrar sem mencionar que os projetos sociais de música também ensinam uma profissão. Quando há o despertamento e o interesse em construir carreira e seguir no caminho musical, há o desejo de se profissionalizar. Seja para compor em orquestras ou mesmo na música popular, a pessoa pode descobrir uma nova habilidade e fazer dela o seu trabalho. Além de que sempre há a possibilidade de voltar a estes projetos como professores e fazer o sonho acontecer na vida de outras pessoas.

 

Se você gostou deste post:

– siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– Conheça o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– entre em contato com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!