A Sociedade Artística Brasileira (SABRA) promove, no dia 10 de novembro, o Concerto Didático para Surdos, em Betim, Minas Gerais. Sob a regência de Márcio Miranda Pontes, 74 instrumentistas da Orquestra Sinfônica de Betim, em formação completa, interpretam obras como Finlandia de Sibelius, Capriccio Italiano e o 4º movimento da Sinfonia nº 2 de Tchaikovsky. Este evento tem patrocínio do Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de médicos cooperados e colaboradores por meio da Lei Federal de Incentivo a Cultura. A entrada é gratuita.

O evento atenderá a alunos surdos regularmente matriculados na rede pública municipal de ensino e, no intuito de atender às necessidades dos jovens, serão feitas duas adaptações à apresentação: quanto ao assento, os convidados ficarão bem perto dos músicos para visualizar os instrumentos e os instrumentistas com clareza, e haverá um intérprete de LIBRAS para traduzir simultaneamente as explicações e os gestos do maestro.

Além do estímulo visual, os alunos ainda serão capazes de captar a execução das obras pela vibração que os instrumentos provocam em seus corpos e nos objetos – como cadeiras, cadernos, chão, entre outros. Para estimular esse aspecto sensorial, o concerto será realizado na sala de ensaios da Orquestra, que é menor que um teatro e potencializa a vibração do som.

A iniciativa faz parte das ações da SABRA para promover a inclusão social, bem como a acessibilidade e a democratização do acesso à música, que é um bem cultural de elevado valor e que muitas vezes não está ao alcance da população, principalmente para os surdos.

Sobre a SABRA

A Sociedade Artística Brasileira (SABRA) é uma associação civil, sem fins lucrativos, fundada em 2013, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A organização realiza diversas ações, como a edição de manuscritos musicais antigos, e mantém a Orquestra Sinfônica de Betim, a Oficina Musical de Betim (que é uma escola de música), o Coro e Orquestra de Câmara Lobo de Mesquita e grupos de corais adultos e infantis tanto em Belo Horizonte quanto em Betim.

Todos os anos, a SABRA oferece 74 vagas na Orquestra para jovens músicos e 20 mil ingressos para participação do público nos concertos didáticos. Com isso, incentiva os jovens instrumentistas a entrarem para o mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, contribui para a popularização da música clássica.

A instituição possui projeto registrado no Conselho Municipal de Assistência Social de Betim e é mantida por meio de doações e patrocínios.

Sobre a Orquestra Sinfônica de Betim

A Orquestra Sinfônica de Betim é um projeto da SABRA que surgiu em 2014 como uma Orquestra de Câmara, composta somente por instrumentos da família das cordas. No ano seguinte, a formação sinfônica teve início com a abertura de vagas para os outros naipes.

O projeto beneficia 74 jovens músicos e estimula a profissionalização deles por meio de bolsas de incentivo e da formação técnica e artística. Desde a sua fundação, a Orquestra já empreendeu vários concertos e atingiu mais de 60 mil pessoas, entre público e artistas.

Instituto Unimed-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH foi criado em 2003 com a missão de conduzir o programa de Responsabilidade Social Cooperativista da Unimed-BH. Os projetos desenvolvidos têm na saúde sua área prioritária, mas mantêm interface com outros campos por meio de cinco linhas de ação: Comunidade, Meio ambiente, Voluntariado, Adoção de espaços públicos e Cultura.

Em 2016, mais de 1,4 milhão de pessoas foram beneficiadas, direta e indiretamente, pelo Programa Cultural Unimed-BH. Mais de 4,5 mil médicos cooperados e colaboradores viabilizam este Programa ao escolher destinar parte do seu Imposto de Renda para o fomento de projetos socioculturais. A cada ano, as atividades conquistam aprovação e confiança, ampliando-se as adesões.

Orquestra Sinfônica de Betim se apresenta para surdos
Data: 10 de novembro, sexta-feira
Horário: 14 horas
Local: Sala de ensaios da Orquestra, na Rua Prefeito Silvio Lobo, 221 – Angola – Betim – MG
Entrada franca – deve ser feita a reserva com antecedência pelo telefone (31) 3532-2176

Para a imprensa:

Márcio Miranda Pontes: (31) 3532-2176 / (31)98447-5395

Foto (Aurélia Rocha): https://www.dropbox.com/s/tqbpkwatz6v9qcn/DSCN1155.JPG?dl=0