Por que o contato com a música é importante para o período da adolescência?

A música está presente em todas as fases da nossa vida, e na adolescência não é diferente. É exatamente nesse período, que nos libertamos das influências musicais de nossos pais e familiares para definirmos nosso próprio gosto, o tipo de música que realmente nos agrada. Talvez, por isso, essa seja a fase em que mais buscamos por experiências musicais e descobrimos canções que nos marcam para vida toda.
Muito mais que proporcionar momentos de lazer e embalar festas e eventos, a música, seja de que estilo for, consegue proporcionar bem-estar, promover o equilíbrio e alterar o estado emocional de quem a escuta. Na adolescência, quando ainda estamos formando nossa identidade e personalidade, a música tem um poder ainda maior.
Em um período tão conturbado, o contato com a música faz com que adolescentes consigam liberar suas emoções, expressar sentimentos, construir sua identidade e buscar por semelhantes. Além de todos esses benefícios diretamente ligados ao psicológico dos jovens, a ciência comprova que tocar instrumentos ou fazer parte de um coral, por exemplo, aumenta a capacidade de aprendizado, facilita a concentração e desenvolve o raciocínio.

A música como instrumento da educação

Segundo Platão, “A música é um instrumento educacional mais potente do que qualquer outro”. Estudar música, faz com que a quantidade de massa cinzenta do cérebro aumente. Como consequência, o raciocínio lógico e a capacidade de concentração e interpretação também se desenvolvem, resultando em um melhor desempenho escolar.
Embora até pouco tempo acreditássemos que a música só influenciava o cérebro durante a infância, pesquisadores norte-americanos provaram o contrário. A iniciação musical durante a adolescência também gera respostas cerebrais positivas, desenvolvendo e aperfeiçoando habilidades de linguagem e comunicação.
De acordo com pesquisas realizadas na Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, jovens que treinavam música apresentaram amadurecimento mais veloz nas regiões do cérebro ligadas à audição, tornando-se mais sensíveis a detalhes sonoros e mais hábeis na comunicação. Além disso, aqueles que estudaram notas musicais e divisões rítmicas alcançaram notas 100% maiores em matemática, que os colegas que não possuíam fortes conexões com a música.

Construção da identidade e sensação de pertencimento

A adolescência é uma fase marcada pela intensidade das emoções, por grandes descobertas e diversas angústias. É o momento em que deixamos de nos guiar exclusivamente por nossos pais, e passamos a desenvolver nossa própria personalidade e a buscar por nossos semelhantes. Nesse período, o contato com a música é extremamente positivo para a construção da identidade e para interação social.
A música auxilia no equilíbrio emocional, permitindo que o jovem se acalme e canalize energia através dela, seja cantando, tocando, ouvindo ou até mesmo dançando. É também, uma das principais formas de inspiração para outros projetos, uma vez que aflora sentimentos e gera motivação.
Além disso, é durante a adolescência que definimos a nossa preferência musical sem a influência familiar. Nessa fase, o mais comum é que, de acordo com essa e outras preferências, se formem grupos de afinidade, que com o passar do tempo se transformam em laços maiores de amizade.

A contribuição da música para a transformação social

Apesar de no Brasil estudos musicais não fazerem parte da grade escolar, existem atualmente, diversos projetos que usam a música como ferramenta de transformação social. Crianças e adolescentes que naturalmente não teriam contato com artes e cultura, encontram a oportunidade de aprender a cantar e tocar instrumentos. Graças a isso, muitos deles abandonam os perigos das ruas e passam a vislumbrar possibilidades de futuro que até então, não existiam.

Se você gostou deste post:

– DOE PARA A SABRA – IRPF 2020. Você escolhe onde parte de seu imposto de renda será aplicado. Junto com a SABRA, seus projetos e ações você vai ajudar a transformar vidas. Sem custos para você e não interfere em outras deduções. Siga o passo a passo

– SIGA as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

– CONHEÇA o trabalho da Sociedade Artística Brasileira (SABRA) e todas as iniciativas culturais e sociais que ela mantém. Acesse nosso site!

– ENTRE EM CONTATO com a gente. E veja quais são as opções de ajuda na manutenção de nossas ações sociais e culturais. Basta acessar nossa página Doe Agora!

– COMPARTILHE este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também dominarem o assunto!