A formação da criatividade

Muito se é falado sobre a natureza da criatividade. Diversos autores defendem se a criança nasce com um talento ou não, enquanto outros contestam afirmando que a criatividade é algo que pode ser aprendido. O que se sabe com certeza é que as experiências da criança influenciam diretamente no seu desenvolvimento; por consequência, é possível estimular elas a passarem mais tempo tentando inovar e menos tempo imitando.

A educação musical é um problema, pois não se conhecem completamente as bases que fazem um indivíduo aprender com facilidade a desenvolver o seu ouvido para músico enquanto outros ficam estagnados, mas podemos afirmar que a escola tem um papel fundamental, e, infelizmente, a realidade que encontramos nas escolas é de que essa área do conhecimento é deixada de um pouco de lado. Uma criança que teria um talento em potencial pode ser desestimulada com essa falta de incentivo.

O ser humano aprende através da imitação: o bebê ouve as palavras dos pais e as repete. Conforme o tempo passa mais palavras ele ouve, mais frases são construídas, e mais ele passa a entender como a língua funciona. Assim é a criatividade. Quanto mais a criança conhece as diferentes nuances musicais, é estimulada a tocar instrumentos e a conhecer diferentes gêneros, mais o seu repertório de pesquisa cresce. Estimulando a criança a se relacionar com o ambiente e com a música, mais ela poderá ligar pontos por si só, criando caminhos que ninguém nunca antes imaginou ser possíveis.

A importância da música para a criança

A paixão por essa arte pode surgir em qualquer idade, e o estímulo pode levar a todos os caminhos imagináveis. No passado era comum encontrar crianças no coral da igreja; essas crianças eram tidas como talentos, e realmente eram, pois nelas foi possível desenvolver a voz de uma maneira que se alcançasse um outro mundo, elevando as pessoas. Fora do aspecto religioso, a música continua tendo esse caráter, ela surgiu para encantar através dos ouvidos.

Uma orquestra sinfônica, composta por inúmeros instrumentos sendo tocados ao mesmo tempo, teria tudo para simplesmente ser uma confusão, mas por que não é? Porque o maestro tem, na hora de escrever, todos os sons em sua cabeça. Sons que já conhece, mas que agrupa de diferentes maneiras até criar algo único, diferindo absolutamente de tudo o que já visto.

A ciência não tem uma conclusão sobre como induzir a criatividade em um indivíduo, mas uma das poucas certezas é a pesquisa. Quando maior for o repertório, maiores serão os resultados obtidos. A música é um dos componentes fundamentais para criar um adulto que entende o mundo, consegue fazer as ligações necessárias entre os fatos, e principalmente, que possui um talento para uma arte que jamais será deixada para trás.

A criatividade deve ser alimentada constantemente, se não ela não sobrevive. Manter-se atualizado e conhecer diferentes áreas de diferentes conhecimentos é uma boa maneira de saber quais rumos tomar para desenvolver o seu talento da melhor maneira possível.