No dia 9 de dezembro, na Praça da Estação, o espetáculo “Sou do Mundo, Sou Minas Gerais”, celebra a universalidade mineira e foi inspirado na arte produzida em Belo Horizonte a partir de “Para Lennon e McCartney”, música gravada por Milton Nascimento com a frase que marcou o Clube da Esquina. Para o Festival Acontece, Lô Borges, um dos compositores da canção, é convidado especial junto a Maurício Tizumba e Mano Coti. Participação especial do Coral da Unimed-BH e da Orquestra Sinfônica de Betim, sob a regência do maestro Márcio Miranda Pontes.

O espetáculo cria um rico painel artístico-cultural sobre a arte produzida na cidade, da MPB ao pop rock, passando por seus poetas, cultura popular, religiosidade, teatro, dança, tradição, desejo de síntese. A direção artística é de Gilvan de Oliveira e a direção de cena é de Inês Amaral. Ao todo são mais de 400 pessoas envolvidas. Entre elas estão crianças e adolescentes da Escola de Artes Instituto Unimed-BH, no Aglomerado Morro das Pedras, que participam dos cursos de percussão, balé e danças urbanas.

Também integram a montagem, o Batuque Salubre, grupo de percussão afro-mineira Bloco Saúde, com regência da atriz e cantora Júlia Dias; o grupo de dança de salão Dança a Dois, coordenado pela Cia. de Dança Mimulus; e o Uniclown, projeto coordenado pelo ator Rodrigo Robleño; e grupos formados por colaboradores e médicos cooperados da Unimed-BH, além de convidados. A banda liderada por Gilvan de Oliveira, o Grupo Mira e a Cia. Masculina do Núcleo Artístico completam a composição do elenco.